Rádio Gospel 10: Sustento

Social Icons

Pages

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Sustento

(I Reis 17:4) -  E há de ser que beberás do ribeiro; e eu tenho ordenado aos corvos que ali te sustentem.
A era do consumismo é uma fase terrivelmente perigosa para cada um de nós, porque além de trazer o endividamente pessoal, ainda é um campo aberto para toda sorte de sentimentos e práticas contrários a Palavra de DEUS, como a usura, inveja, ganância, cobiça, e estes maus sentimentos levam pessoas nada escrupulosas a fazerem coisas que no mundo secular já é vergonhoso, mas que no meio dos entitulados cristãos é abominável, como a prática de extorção (Contribuição forçada para um fim).
De um lado pessoas interesseiras, que usam títulos evangélicos para obter favores pessoais, de outro pessoas que já não acreditam mais em servos de Deus sinceros e que morrem de medo de que alguém enfia a mão no seu bolso ou tome a sua carteira usando técnicas de convencimento dignas de um picareta profissional.
Mas isso não é Evangelho, jamais foi a Vontade de DEUS, que seus servos fossem desmoralizados por pessoas irresponsáveis que apenas querem possuir bens sem trabalho digno e ainda alegando exercício da fé, ninguém que trabalha para DEUS, busca proveito próprio em nada que seja.
Desconfie de alguém que faça uma oração ou dê algum aconselhamento e em seguida te peça "uma ajuda ministerial", ou qualquer nomezinho do gênero.
DEUS continua poderoso para sustentar os servos fiéis, Ele sustentou Elias através dos corvos, mas quando Ele ordena até o diabo tem de obedecer. E JESUS é aquele que tem as chaves de Davi, que abre e ninguém fecha e que fecha e ninguém abre, quando Ele decide abrir uma porta para um servo não tem ímpio que possa fechar. (Apocalipse 3:7)
DEUS se agrada de que sejamos abnegados, generosos, e desprendidos do materialismo e da idolatria pelo dinheiro, mas ama ao que dá com alegria. Forçado Ele não recebe, então se der dinheiro para os homens, por constangimento, não falem mal da Igreja, e muito menos de DEUS, pois crentes sinceros não enfiam a mão no bolso de ninguém, tampouco DEUS obriga a dar NADA, se não for do coração.
II Co 9:7 Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, nem por constrangimento; porque Deus ama ao que dá com alegria.

Missionária Rita

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Teste - Teste

Teste - Teste

Teste - Teste