Rádio Gospel 10: Saia da Caverna

Social Icons

Pages

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Saia da Caverna

I Reis 19:9 Ali entrou numa caverna, onde passou a noite. E eis que lhe veio a palavra do Senhor, dizendo: Que fazes aqui, Elias? 11a Ao que Deus lhe disse: Vem cá fora, e põe-te no monte perante o Senhor.
O mais ousado de todos os profetas é citado neste texto como um homem depressivo, pedindo a morte.
Elias começou a olhar para seus problemas, um profeta solitário, sem alguém que compartilhasse de sua visão, perseguido pela perversa rainha Jezabel, Elias não tinha mais motivos para viver. Queria morrer.
E na caverna Elias esperava o desfecho de suas conjecturas a respeito de si mesmo. DEUS poderia ter consolado Elias, ou ter sido conivente com o sentimento dele a respeito de si mesmo e de sua "miserável" condição. Mas NÃO. DEUS não se agradou da postura do profeta.
Sozinho! Era a visão que Elias tinha de si mesmo, mas não era a realidade de fato. Existiam sim outros profetas, existiam sim outros fiéis, ele não era único, e não estava só.
E esse sentimento de autocomiseração, é tão miserável e destrutivo que vai fazendo a pessoa se sentir mais e mais acuada, mais e mais coitadinha, mais e mais vítima do destino.
DEUS convidou Elias a "sair para fora", olhando para o fundo da caverna, ou seja focalizando seus problemasElias não poderia mesmo ver a saída, pois no fundo da caverna havia trevas e no interior de Elias havia trevas. Pois o foco estava errado, não eram as circunstâncias de Elias que precisava mudar, mas o foco para onde ele estava olhando!
Quanta gente se sentindo coitadinha, vítima do destino, e pra piorar ainda se mete num quarto escuro, e começa a refletir em seus problemas, em suas circunstâncias, nas suas dificuldades, e o sentimento de angústia, tristeza, impossibilidades só vão crescendo mais e mais até vir o desgosto pela vida, a vontade de morrer, ou o sentimento de que a vida não vale mais a pena. Ou pior a revolta contra DEUS.
Não importa quão grandes sejam as nossas dificuldades, não é elas que são o nosso foco, mas a VIDA QUE DEUS NOS DEU, pois se ELE tem nos dado vida é ÓBVIO QUE PROVERÁ CONDIÇÕES PARA QUE VIVAMOS.
Então mudando nosso foco, mudando o rumo para o qual estamos olhando, mudarão também nossos sentimentos, vai aflorar a esperança, vai aflorar o vigor, vai aflorar a disposição para encarar as nossas dificuldades e vencê-las cada uma a seu tempo.
Precisamos aprender a viver um dia de cada vez, pular uma etapa de cada vez, pois somos potencialmente capazes de viver conscientemente nossos problemas resolvendo cada um deles pois DEUS nos ajuda quando não fugimos de nossas responsabilidades.
Mas se ficarmos dentro da caverna, caverna não tem cérebro e não vai ser ela que resolverá nossas crises que certamente passarão e darão lugar a um dia de muita paz e alegria.
Nem todos os dias o sol brilha, mas também não há tempestade que não passe. Pois DEUS é Fiel e fará sempre vir o sol depois da chuva, mas saia da "caverna", e DEUS irá te ajudar a resolver cada um de seus problemas.

Missionária Rita

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Teste - Teste

Teste - Teste

Teste - Teste